JOELHO

rotura do ligamento cruzado anterior

introdução e definição

Ligamento Cruzado Anterior  (LCA) previne 85% do deslizamento anterior da tíbia em relação ao fémur; participa parcialmente também na estabilização de outros movimentos  (rotação).

 

Tem origem no fémur e inserção na tíbia, anteriormente ao ligamento cruzado posterior.

história e SINTOMAS

A rotura do LCA acontece geralmente num movimento de “pivot” do joelho, sem contacto com outro atleta

 

É o comum o atleta sentir um “pop”, dor profunda e derrame (“inchaço”)  imediato (70%).

O exame do joelho permite avaliar a deslocação anterior da tíbia sobre o fémur.

EXAMES AUXILIARES DE DIAGNÓSTICO

Radiografia

Utilizada para exclusão de fracturas ou luxações.

 

RMN

O “gold standard” para o diagnóstico de rotura do LCA e eventuais lesões associadas (ex: meniscos, ligamentos colaterais).

TRATAMENTO

Conservador

Reservado a doentes com pouca demanda funcional e que não pretendam praticar desportos de contacto/rotação.

  • Fisioterapia

  • Alteração do estilo de vida

Cirúrgico

Doentes ativos fisicamente. Diminui o risco de novas lesões meniscais/condrais).

  • Reconstrução artroscópica do ligamento com enxerto de tendão (isqueotibiais, rotuliano, quadricipital) do próprio doente.

PROGNÓSTICO

O prognóstico após reconstrução do LCA é bom, geralmente com retoma ao desporto/atividades realizadas anteriormente à lesão