OMBRO

artrose do ombro

introdução e definição

Caracterizada por lesão das superfícies articulares da cabeça do úmero e/ou glenóide (omoplata).

 

Causas

  • Primária

- origem desconhecida

- mais comum no sexo feminino, >60 anos 

  • Secundária

- após trauma (incongruência da articulação após fratura do úmero ou glenóide)

- após luxação recidivante (erosão da cartilagem provocada por luxações do ombro repetidas)

- por artrite inflamatória (ex: artrite reumatoide) ou deposição de cristais (ex: ácido úrico)

- osteonecrose (morte celular das células ósseas da cabeça do úmero por interrupção do suprimento sanguíneo)

- artropatia da coifa – roturas da coifa crónicas estão associadas a ascenção da cabeça do úmero e subsequente desgaste da cartilagem por contacto com acrómio (estrutura óssea da omoplata)

história e SINTOMAS

  • Dor - geralmente piora com atividades e diminui com repouso

  • Diminuição da mobilidade (ex: dificuldade em pentear-se)

  • Dificuldade em dormir

  • Crepitação (“estalidos” audíveis com movimentos do ombro)

EXAMES AUXILIARES DE DIAGNÓSTICO

Radiografia

Suficiente para a maioria dos diagnósticos de artrose.

Ecografia

Utilidade na avaliação do estado da coifa dos rotadores.

TAC

Utilizado para eventual planeamento de tratamento cirúrgico.

 

RMN

Exame mais completo para avaliação simultânea de estruturas ósseas e tendinosas/cartilagem.

TRATAMENTO

Conservador

  • Fisioterapia

  • Analgesia/Anti-inflamatórios orais/tópicos

  • Infiltrações articulares  (corticoesteróides, ácido hialurónico)

Cirúrgico

  • Artroscopia

Utilizada para melhoria clínica transitória em doentes jovens ou com artrose ligeira/moderada.

  • Hemiartroplastia 

Substituição da cabeça do úmero por prótese, sem intervenção na glenoide.

Reservada a doentes jovens e/ou sem atingimento da glenóide pela artrose.

  • Artroplastia Total Anatómica

Substituição da cabeça do úmero e da glenóide por prótese.

              Reservada a doentes sem lesões na coifa dos rotadores.

  • Artroplastia Total Invertida

Substituição da cabeça do úmero e da glenóide por prótese

Colocação de um componente esférico na glenóde e um componente concavo no úmero, resultando daí o nome “invertida”.

Reservada a doentes com lesões na coifa dos rotadores massivas ou irreparáveis.

PROGNÓSTICO

A maioria dos doentes com artrose do ombro obtém bons níveis de alívio de dor e qualidade de vida com um dos vários tratamentos disponíveis para esta patologia.